Aufrufe
vor 3 Jahren

Jaguar Magazine 03/017 – Brazilian Portuguese

  • Text
  • Jaguar
  • Carro
  • Linha
  • Melhor
  • Anos
  • Corrida
  • Carros
  • Mundo
  • Cidade
  • Nova
Wir geben Gas! In London sorgt Automobiljournalist Guy Bird im brandneuen E-PACE für Aufsehen und zeigt uns ganz nebenbei nahezu unentdeckte Tipps in der britischem Hauptstadt – seiner Heimat. Warum sich der Jaguar XE bestens als Grundlage für den leistungsstärksten Jaguar mit Straßenzulassung aller Zeiten – den XE SV Project 8 – geeignet hat, hat uns David Pook erklärt, Leiter der Special Vehicle Operations bei Jaguar Land Rover. Lesen Sie mehr in der aktuellen Ausgabe THE JAGUAR 03. 

XE SV PROJECT 8 FORMA DE

XE SV PROJECT 8 FORMA DE 8 O JAGUAR HOMOLOGADO PARA AS RUAS MAIS POTENTE DE TODOS OS TEMPOS TEM SUA ORIGEM NO XE SEDÃ. DAVID POOK, GERENTE DE OPERAÇÕES DE VEÍCULOS ESPECIAIS DA JAGUAR LAND ROVER, EXPLICA PORQUE ISSO NÃO É NENHUMA SURPRESA Aregião de Eifel, na Alemanha, não é apenas o sonho dos topógrafos. Planaltos contínuos, formados pela erosão de montanhas vulcânicas, entremeados por florestas densas e riachos vibrantes. Por mais de noventa anos, essa região mística do mundo abrigou o circuito de Nürburgring, com aproximadamente 21 Km de pista, apelidado de “inferno verde” por Jackie Stewart, a lenda da F1. Esse circuito longo e sinuoso é provavelmente o teste mais extremo e difícil para qualquer carro. Ou seja, não foi à toa que a Jaguar trouxe o XE SV Project 8 para cá. Capaz de acelerar de 0 a 96,5 Km/h em 3,3 segundos (o recorde da Jaguar nesse aspecto), o carro tem motor V8 com 592 bhp, tração nas quatro rodas e praticamente tudo o que existe no baú mágico da tecnologia de chassi e direção hoje em dia, afiando as garras do belo sedã quatro portas da Jaguar e criando o mestre supremo das pistas. E tem um homem que sabe melhor do que ninguém por que o XE foi a plataforma perfeita para o Project 8. O engenheiro de dinâmica veicular David Pook, de 42 anos, é formado em Design de Engenharia Automotiva pela Universidade de Coventry. Entusiasta de carros esportivos desde que se conhece por gente, Pook vive um sonho desde que passou a trabalhar na Jaguar Land Rover. Ao longo de dezessete anos, muitos dos automóveis Jaguar que carregam o emblema “R” passaram por sua mesa. A mudança para a SVO para comandar sua própria equipe, com missão de cuidar da dinâmica veicular de todos os produtos da SVO foi, nas palavras de Pook, “uma porta que eu sempre quis abrir”. A SVO tem a missão de demonstrar as capacidades e a engenharia da Jaguar. Sobre a decisão de utilizar o XE, Pook comenta: “não foi o caso de ver o que podemos fazer com o XE. Foi mais uma questão do que a nossa equipe era capaz de fazer. Não estávamos interessados em desenvolver um carro para heróis, que poucos poderiam usar.” A SVO é apaixonada com razão por carros de alto desempenho e queria fazer um carro de pista com baixo volume. “Queríamos criar o melhor veículo para o motorista.” E por contar com a plataforma de última geração da Jaguar, o XE era exatamente o que a equipe precisava. Até mesmo o fato de ser um carro de quatro portas, algo pouco comum nesse segmento, fez muito sentido do ponto de vista de engenharia. Foram vários os desafios durante o processo de desenvolvimento do Project 8. Como se não FOTOGRAFIA: BEADYEYE.TV / NICK DUNGAN 52 THE JAGUAR

Talvez o “inferno verde” de Nürburgring seja o teste mais difícil, tanto para o carro quanto para o motorista OITO FATOS E NÚMEROS fosse suficiente fazer caber um V8 no XE (que não foi projetado para ter esse motor), era preciso que o carro tivesse tração nas quatro rodas para garantir o máximo desempenho e aderência. Basicamente, o Project 8 combina o sistema de tração nas quatro rodas do F-TYPE SVR com a tração traseira do XE. O hardware - uma embreagem central que envia torque para o eixo dianteiro quando necessário, um diferencial eletrônico do eixo traseiro e vetorização de torque nos dois eixos - oferece uma experiência de direção satisfatória e conectada. Um dos destaques é o fato de que o software é tão importante para os ajustes quanto os próprios componentes mecânicos. O que torna o Project 8 tão especial é o nível de conexão do software, que modifica o comportamento do carro em resposta aos comandos da direção, do acelerador, e do motorista. Explicando o motivo do seu orgulho em relação ao Project 8, Pook destaca o seu aspecto tátil: “ele é realmente de arrepiar, não só em Nürburgring. É um carro que não faz concessões, sem coisas supérfluas. Fizemos tudo o que era necessário para atingir as metas de desempenho.” 1. 300 carros a ser construídos 2. 80% do conteúdo de engenharia mais relevante é exclusivo do XE SV Project 8 3. Vai de 0 a 96,5 Km/h em 3,3 segundos 4. Velocidade máxima acima de 320 Km/h 5. Saída de potência de 600 PS (700 Nm) 6. Transmissão de 8 velocidades com borboleta e troca de marchas Quickshift em 0,2 segundo 7. Freios de cerâmica carbônica (400 mm dianteiro) 8. Rodas forjadas de liga leve especiais com pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 “QUERÍAMOS CRIAR O MELHOR VEÍCULO PARA O MOTORISTA” VALORES OFICIAIS DE CONSUMO DE COMBUSTÍVEL DA UE REFERENTES AO XE SV PROJECT 8 EM L/100 KM: urbano: 12,4; fora da cidade: 9,5; combinado: 11; emissões de CO2 (combinadas) g/Km: 254. Somente para comparação. Os valores reais podem variar. Para saber mais sobre os testes, acesse jaguar.com/project8 THE JAGUAR 53