Aufrufe
vor 2 Jahren

Jaguar Magazine 01/2018 – Brasilian Portuguese

  • Text
  • Jaguar
  • Carro
  • Anos
  • Carga
  • Autonomia
  • Desempenho
  • Mundo
  • Tecnologia
  • Tudo
  • Arte
The future of mobility! By launching the new I-PACE, Jaguar is starting an electric revolution and is creating the world´s most desirable electric vehicle. With its performance of a sports car, but the eco-friendliness of an electric vehicle, the Jaguar I-PACE demonstrates a manifestation of advances in innovation and design. A vehicle designed for the roads of the future – showing the joys of going electric along the scenic Algarve, exclusive insights from key players as well as interesting facts and figures on the revolutionary I-PACE and the growing electric vehicle sector are covered in this issue.

MARKE IAN CALLUM DIRETOR

MARKE IAN CALLUM DIRETOR DE PROJETOS “A liberdade de projetar algo tão diferente para a Jaguar e o potencial que veio junto com isso foram extremamente estimulantes”, diz Ian Callum sobre o início do trabalho no I-PACE, em 2014. “Desde o primeiro instante, eu estava convicto de que este seria um carro com visual bem diferente, reflexo de seu trem de força elétrico. Montar um automóvel com motor a combustão é uma tarefa conhecida e que possui suas próprias regras, mas a eletrificação oferece a oportunidade de criar algo novo, sem essas restrições. Era um princípio básico, uma ideia a partir do zero que podia, pela sua natureza, determinar como será o futuro do veículo elétrico e não só para a Jaguar.” Callum e sua equipe seguiram os princípios de um projeto de carro esportivo com motor central que, visualmente, jogou a massa do I-PACE para frente. A forma provocante assim criada é inspirada no conceito de supercarro híbrido Jaguar C-X75, idealizado por Callum em 2010. “É claramente um perfil muito definido e diferente do que se esperaria de um SUV. Nós queríamos enfatizar que um SUV não precisa parecer estático”, explica Callum. “O I-PACE não dá a impressão de ser um SUV típico, o que é bom porque eu não queria que as pessoas o definissem de nenhum modo específico. Eu queria projetar um carro que surgisse naturalmente a partir de seus fundamentos, somando-se a isso o exagero e o estímulo inerentes a um Jaguar. Mas o que é legal no I-PACE é que ele foi projetado com total integridade. Nada nele soa forçado: é um carro bastante honesto.” MARIA XIMENA ODIO ENGENHEIRA TÉRMICA DE PESQUISA DE BATERIAS O design do I-PACE pode prenunciar uma mudança marcante para a Jaguar, mas é o trem de força elétrico do carro que vem realmente impulsionando a revolução da empresa. A engenheira térmica Maria Ximena Odio faz parte da equipe da Jaguar que está liderando esse movimento, trabalhando para garantir que os 36 módulos da bateria do I-PACE cada um contendo 12 células funcionem juntos com eficiência e proporcionem a duração necessária da carga. Não é uma tarefa fácil, como Ximena Odio explica. “Começamos criando algo chamado modelo eletrotérmico da bateria. É basicamente um modelo preditivo que usamos para desenvolver a estratégia essencial de refrigeração das baterias do carro”, ela esclarece. “Com o modelo, nós pudemos ver como as células da bateria gerariam calor e como os módulos então levariam esse calor ao sistema de refrigeração. Ele necessitou de um número enorme de medições para prever como as baterias reagiriam a uma grande variedade de condições de condução. Mas nos forneceu o que precisávamos.” Se isso parece complicado, é porque de fato é. No entanto, a temperatura das baterias do trem de força do I-PACE é fundamental para a autonomia, o desempenho e o tempo de carga do carro, de modo que era crucial deixar tudo perfeito. O retorno disso foi significativo. “Tivemos que lidar com muitos fatores no desenvolvimento do trem de força do I-PACE, mas, quando você vai à faculdade para se tornar engenheiro, esse tipo de trabalho é um sonho. Para mim, o I-PACE é engenharia pura que ganhou vida.” E é provável que esse sonho se mantenha no futuro próximo, segundo a engenheira nascida na Costa Rica. “As mudanças serão constantes daqui para frente. Nas baterias, nós acabamos de começar.” 32 THE JAGUAR

“AS MUDANÇAS SERÃO CONSTANTES DAQUI PARA FRENTE. NAS BATERIAS, NÓS ACABAMOS DE COMEÇAR.“ MARIA XIMENA ODIO NÚMEROS OFICIAIS DE CONSUMO DE COMBUSTÍVEL DO I-PACE em l/100 km (mpg): 0,0; Emissões de CO 2 em g/km: 0. Números oficiais de testes da União Europeia. Apenas para fins de comparação. Os números reais podem ser diferentes. Autonomia: 480 km (298 milhas). Os números de autonomia de veículo elétrico baseiam-se num veículo de produção percorrendo uma rota padronizada. A autonomia atingida vai variar conforme a condição do veículo e da bateria, o estilo de condução e a rota e o ambiente reais. THE JAGUAR 33